Turnover: o que é e como reduzir na sua empresa

Home / Turnover: o que é e como reduzir na sua empresa

Turnover

Reduzir o turnover de funcionários é primordial para aumentar a produtividade e fortalecer a imagem da empresa no mercado de trabalho.

Quando você retém os profissionais na equipe, abre espaço para que eles cresçam dentro da organização e se mantenham engajados. Mas o turnover geralmente é um desafio para gestores.

Então, como reduzir esse índice de rotatividade? É o que você vai descobrir na sequência. Confira nosso guia com seis estratégias para diminuir o turnover no negócio.

O que é o turnover de uma empresa?

Turnover é o termo em inglês que designa o índice de rotatividade de uma empresa. Assim, trata-se do índice de demissões e contratações de funcionários em um período determinado.

Um turnover alto é sinal de que a empresa tem dificuldade para reter profissionais. Essa barreira pode ocorrer por diversos fatores: remuneração abaixo da média, má gestão e liderança e clima organizacional comprometidos, por exemplo.

É importante observar que, nesse indicador, são consideradas tanto as demissões voluntárias quanto as involuntárias.

As demissões voluntárias ocorrem quando o funcionário pede o desligamento da empresa. Já as involuntárias são aquelas em que a empresa demite o funcionário.

Ao mesmo tempo que um turnover alto é prejudicial ao negócio, índices baixos são normais e podem até mesmo ter impactos positivos.

Mas um turnover saudável geralmente vem acompanhado de sinais como renovação da equipe, adoção de novas estratégias e contratação de profissionais mais qualificados.

Por que reduzir o turnover?

Para você compreender melhor a importância de reduzir o turnover, elencamos abaixo três motivos centrais para adotar essa prioridade na empresa. Confira:

1. Para reduzir custos

A primeira razão tem a ver com as finanças: reduzir o índice de rotatividade contribui para a eliminação de despesas relativas à entrada e à saída dos profissionais.

Entre as despesas reduzidas, estão aquelas relativas a recrutamento e seleção, contratação, treinamento de novos funcionários e custos para desligar um profissional da empresa.

2. Para aumentar a produtividade

Ao reduzir o turnover, a tendência é que o gestor também perceba um ganho de produtividade na equipe.

Afinal, o tempo de adaptação de novos funcionários é reduzido, incluindo períodos de treinamento.

Dessa forma, os times mantêm um entrosamento maior para gerenciar os processos  — e a produtividade aumenta.

3. Para fortalecer o employer branding

O employer branding, ou marca do empregador, é a imagem e reputação da empresa como um local para trabalhar.

Então, veja: se o índice de turnover é alto, há problemas na empresa. E se há problemas na empresa, é provável que os funcionários desligados não falem bem dela para outros profissionais.

Quando isso ocorre, você deixa de atrair novos talentos e mancha a reputação da empresa no mercado de trabalho.

Por outro lado, se o turnover diminui, o employer branding se fortalece.

Como diminuir o turnover da empresa em seis passos

Se você está comprometido com a diminuição dos índices de rotatividade, leia com atenção as dicas abaixo. Selecionamos as principais medidas que ajudam a reduzir o turnover:

1. Melhore as contratações

A redução do turnover começa nos processos de seleção e recrutamento de profissionais.

Quanto mais bem direcionadas forem as contratações, maiores são as chances de reter colaboradores.

Por isso, aposte em descrições de vagas assertivas, prefira candidatos que têm perfil condizente com a empresa, alinhe expectativas e comunique as atribuições de uma vaga de forma clara antes de contratar.

2. Faça pesquisas de clima organizacional

Uma vez que o clima organizacional representa a percepção do nível de satisfação dos funcionários, é importante fazer pesquisas para compreender esse fator na empresa.

Ao aplicar pesquisas de clima organizacional, você obtém um termômetro das equipes e pode obter insights sobre os fatores que desagradam os funcionários (e que poderiam levar a um alto turnover).

3. Ofereça e peça feedbacks contínuos

Feedbacks contínuos também devem fazer parte da cultura organizacional.

A partir deles, você pontua aspectos positivos e de melhorias para os profissionais, contribuindo para o crescimento deles.

Mas não se esqueça de pedir feedback também. É importante para avaliar a sua liderança e gestão.

4. Invista em treinamento

O investimento em treinamento é outra medida importante na redução do turnover e na valorização do capital humano.

Trata-se de um fator que gera satisfação para os funcionários e permite que eles cresçam na empresa.

5. Desenvolva uma comunicação clara

A comunicação eficaz é um fator central para manter os colaboradores a par dos objetivos organizacionais, aumentar o engajamento e a retenção de profissionais.

Em um artigo para o blog Bonusly, o especialista em engajamento de funcionários George Dickson afirma que a comunicação clara é a chave para desenvolver o alinhamento organizacional.

Compartilhar metas e valores com clareza em todos os departamentos ajudará toda a equipe a entender onde suas contribuições se encaixam no quadro geral”, explica.

6. Ofereça benefícios aos colaboradores

A última dica é oferecer benefícios além do salário para os colaboradores.

Essa é uma medida para valorizar os funcionários, aumentar os níveis de satisfação e, consequentemente, aumentar a retenção.

Nesse sentido, benefícios como participação nos lucros, plano de saúde e gratificações são algumas alternativas.

Oferecer plano de previdência privada também deve ser uma prioridade. Assim, você garante uma aposentadoria melhor para os colaboradores e dá razões extras para que eles permaneçam na sua empresa.

About Author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *