Retenção de funcionários: principais estratégias e benefícios

Home / Retenção de funcionários: principais estratégias e benefícios

A retenção de funcionários é fundamental para elevar a produtividade, reduzir custos e aumentar a qualidade das entregas. 

Mas como manter os colaboradores engajados e com motivação para permanecer na empresa em longo prazo? Esse é um desafio contínuo que deve ser tratado como prioridade pelo empregador.

Entre as medidas necessárias, estão o investimento em treinamento e previdência privada para os colaboradores e a elaboração de plano de carreira.

Quer entender melhor como estruturar a sua estratégia de retenção de funcionários? Anote as dicas a seguir e coloque-as em prática na sua empresa.

O que é retenção de funcionários?

Retenção de funcionários é a capacidade de garantir a permanência de colaboradores na empresa a partir de um conjunto de estratégias de valorização de recursos humanos.

Ao valorizar colaboradores, permitir o crescimento deles e criar uma cultura organizacional sólida, a empresa reduz a taxa de rotatividade, também conhecida como turnover. E, dessa forma, evita que os melhores talentos busquem vagas na concorrência.

Existem diversas vantagens em priorizar a retenção de funcionários. Uma delas é a redução de custos relativos a demissões, recrutamento e seleção e treinamento de novos colaboradores. Outro benefício importante é o ganho de produtividade e eficiência nas rotinas da empresa.

Cinco estratégias de retenção de funcionários

Se você ainda não reúne esforços para manter seus melhores colaboradores, é o momento de implementar estratégias.

Abaixo, conheça as principais medidas eficazes para a retenção de funcionários.

1. Ofereça plano de carreira

O plano de carreira é basicamente um instrumento que delineia a jornada de crescimento de um profissional.

Por meio dele, é possível traçar as ações necessárias para que o colaborador se desenvolva no longo prazo e avance na carreira.

Então, fica clara a relação com a retenção de funcionários: saber que eles podem crescer dentro da empresa gera motivação extra para permanecer nela.

2. Invista em treinamento

Se o plano de carreira é o caminho a ser percorrido, o treinamento é o veículo que permite ao profissional alcançar a linha de chegada.

Investir em capacitação é imprescindível para formar uma equipe qualificada e motivada, além de mostrar ao colaborador que o crescimento dele está entre as prioridades da empresa.

3. Aposte em feedback

Implementar uma cultura de feedback é outro passo importante para a retenção de funcionários.

Sem isso, o colaborador não tem como saber se os seus esforços contribuem para os resultados da empresa, nem tem um direcionamento claro na hora de buscar capacitação.

Na prática, o feedback é um instrumento poderoso para ajudar o colaborador a elevar seu desempenho e corrigir erros  — e esses fatores são importantes para profissionais comprometidos com seu trabalho.

4. Crie um ambiente de trabalho saudável

Um ambiente de trabalho estressante, marcado por conflitos, pressão e falta de qualidade de vida é um dos principais motivos para o colaborador sair da empresa.

Sendo assim, é preciso garantir um ambiente de trabalho saudável.

Para isso, as dicas incluem construir um ambiente favorável ao diálogo e à troca de ideias, solicitar feedbacks e fortalecer o trabalho em equipe e a cultura organizacional.

5. Ofereça previdência privada corporativa

A previdência privada corporativa é um diferencial importante que a empresa pode oferecer ao colaborador.

Afinal, dessa forma, você garante uma um complemento à previdência social e, consequentemente, uma aposentadoria mais confortável para o funcionário.

E esse é um motivo financeiro a mais para que ele fique motivado em trabalhar na empresa.

Por isso, busque por previdência complementar fechada, que é o plano disponível para empresas.

Em conjunto com o funcionário, você realiza aportes em fundos de investimentos, e o dinheiro fica rendendo ao longo dos anos até ser resgatado.

Três benefícios da retenção de funcionários

Ainda precisa de motivos para priorizar a retenção de funcionários? Faça uma leitura atenta dos próximos tópicos.

Selecionamos três principais vantagens que confirmam a importância da estratégia de retenção:

1. Redução de custos

A redução de custos é, sem dúvida, um benefício prioritário para o empregador.

Com a retenção de funcionários, você diminui gastos referentes a demissões, seleção e recrutamento e capacitação de novos funcionários. Nada mau, concorda?

2. Aumento da produtividade

Retenção de funcionários geralmente é sinônimo de equipe satisfeita.

E uma equipe satisfeita é mais produtiva e engajada com os objetivos organizacionais. Além disso, o entrosamento entre os colaboradores fica maior com o tempo, o que ajuda a alinhar processos e elevar a qualidade.

3. Atração dos melhores talentos

Por fim, uma empresa que retém funcionários fortalece o employer branding: a marca do empregador, que traduz a reputação da sua empresa como um local excelente para se trabalhar.

O resultado disso? Você atrai os melhores talentos do mercado para a sua empresa, o que permite construir equipes de alta performance e elevar os resultados do negócio.

E então, ficou convencido da importância da retenção de funcionários? Comente abaixo quais estratégias você pretende implementar para manter os seus colaboradores fiéis e engajados.

About Author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *