Resgate da Brasilprev: como planejar e quando vale a pena

Home / Resgate da Brasilprev: como planejar e quando vale a pena

O resgate da Brasilprev é mais vantajoso na fase de usufruto, como em qualquer plano de previdência. Afinal, quanto mais tempo seu dinheiro ficar rendendo, maior será seu patrimônio no futuro — sem falar nos benefícios fiscais que reduzem os impostos em aplicações de longo prazo. 

Mas, se você precisa retirar algum dinheiro por conta de um imprevisto financeiro ou programar resgates antes do prazo, precisa analisar as condições do seu plano para não ter prejuízos. Neste artigo, vamos dar dicas para planejar seu resgate da Brasilprev e pensar bem antes de sacar dinheiro na fase de acumulação.

Continue lendo para tomar a melhor decisão sobre seu investimento. 

Dicas para o resgate da Brasilprev 

O resgate da Brasilprev deve ser realizado, preferencialmente, na fase de usufruto do plano de previdência privada. Esse momento também é chamado de “data-alvo” do plano, quando você interrompe as contribuições da fase de acumulação e escolhe como quer receber seu patrimônio final — contratando uma renda ou resgatando tudo de uma vez, por exemplo.

Quanto mais tempo você deixar o dinheiro rendendo no plano Brasilprev, maior será a renda ou capital recebido no futuro. Além disso, há benefícios fiscais importantes que exigem o investimento em longo prazo, como a redução de alíquotas do IR pela tabela regressiva (acima de 10 anos de aplicação, você paga apenas 10% de imposto sobre o resgate). 

No entanto, se fizer um resgate da Brasilprev antes do prazo, o Imposto de Renda será mais pesado e você terá um impacto significativo na construção do seu patrimônio. Por isso, antes de confirmar a operação, é importante pensar nos seus objetivos de longo prazo e considerar outras alternativas. 

Antes de fazer o resgate da Brasilprev 

Se você está pensando em fazer um resgate da Brasilprev, é melhor considerar todas as variáveis antes de tomar sua decisão. 

Veja o que levar em conta antes de efetuar o saque.

Considere outras alternativas

Se você quer resgatar um valor do Brasilprev antes do prazo, verifique se é possível fazer essa retirada de algum investimento com maior liquidez. Em um imprevisto financeiro, a previdência privada deve ser sua última opção, pois é um investimento de longo prazo que não oferece vantagens para retiradas durante a fase de acumulação — pelo contrário, pode ter custos maiores. 

Se você precisa de dinheiro imediato, pode usar sua reserva de emergência em títulos públicos e CDBs, por exemplo.

Calcule todos os custos da retirada

Dependendo do seu tipo de plano e regime de tributação, o resgate da Brasilprev pode sair caro. Supondo que você tenha um plano PGBL com tributação progressiva, por exemplo, serão descontados 15% de IR na fonte (com posterior ajuste na declaração anual) sobre o valor total resgatado (capital aplicado + rentabilidade) e mais a alíquota da tabela vigente da Receita, que pode chegar a 27,5%

Se for um plano VGBL com tabela regressiva, será cobrada a alíquota correspondente ao tempo de aplicação sobre os rendimentos do plano, que começa em altíssimos 35% para aplicações de até 2 anos. Além disso, se o seu plano Brasilprev for do tipo Renda Garantida/Tradicional, pode ser cobrada a chamada taxa de carregamento postecipada, ou taxa de saída (porcentagem cobrada sobre todos os resgates). 

Leve em conta o impacto nos seus planos futuros

Além do prejuízo imediato que você pode ter com os custos do resgate da Brasilprev, é importante pensar no quanto essa retirada irá impactar seus planos para o futuro. Afinal, qualquer quantia a menos representa um retorno menor e uma renda mais baixa ou capital inferior lá na frente.

Como fazer o resgate da Brasilprev

Se mesmo assim você decidiu fazer o resgate da Brasilprev, o processo é bastante simples

Veja quais são os caminhos para fazer seu saque.

Pelas agências ou Site BB (correntista do BB)

Os correntistas do Banco do Brasil podem solicitar resgates de até R$ 150 mil pessoalmente, nas agências, ou pelo site do BB. No site, basta acessar o menu Previdência> Solicitações diversas> Resgate e solicitar o crédito na conta corrente.  

Pela Central de Relacionamento (correntista do BB)

Se o valor do resgate for maior que R$ 150 mil, o correntista do BB deverá ligar para a Central de Relacionamento, nos telefones 4004 0001 ou 0800 729 0001, das 9h às 18h, de segunda a sexta-feira (opções, 2,5,2). O crédito também será feito diretamente na conta corrente. 

Pelo formulário de resgate (não correntista do BB)

Para os investidores não correntistas do Banco do Brasil, o resgate da Brasilprev deve ser solicitado pelo formulário especial disponível no site. Basta preencher os campos indicados e enviar o documento para atendimento@brasilprev.com.br.

Essa opção também é válida para os correntistas do Banco do Brasil que querem receber o valor do resgate em outros bancos

Viu como é importante se planejar antes de fazer o resgate da Brasilprev? Com os nossos conteúdos, você vai entender por que a previdência privada é um investimento de longo prazo e tomar decisões mais inteligentes para garantir seu futuro. 

About Author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *