Previdência privada ou LCI: Tudo para fazer seu investimento

Home / Previdência privada ou LCI: Tudo para fazer seu investimento

previdência privada ou LCI

Você está querendo um investimento de longo prazo, seja para realizar um sonho de consumo ou para manter uma renda complementar nos anos de aposentadoria, mas não sabe por onde começar? Já ouviu falar em previdência privada? E em LCI? Esses são dois investimentos possíveis para investir em médio e longo prazo e neste artigo iremos abordar os prós e contras de cada um. Acompanhe!

O que é previdência privada

A previdência privada, também chamada de previdência complementar, é um fundo de investimento que serve não somente para a aposentadoria, mas para qualquer objetivo financeiro definido em longo prazo. 

A previdência privada pode ser aberta ou fechada. Ela é aberta quando é oferecida por um banco ou uma corretora para qualquer pessoa, e fechada quando oferecida aos colaboradores vinculados a uma empresa. Nesse caso, ela é também  chamada de fundos de pensão. 

A diferença entre a previdência privada aberta e a fechada é que na aberta você tem inúmeras opções de fundos a escolher e pode contar com bancos e corretoras, pesquisando também suas taxas administrativas. Já na fechada, você tem planos mais restritos, mas a empresa geralmente dá um aporte auxiliar mensal e as taxas administrativas são menores. Isso porque as seguradoras encarregadas de administrar esses fundos são organizações sem fins lucrativos. 

O que é LCI

As Letras de Crédito Imobiliário (LCIs) são títulos emitidos por bancos para captar dinheiro para financiar atividades do setor imobiliário. Assim, quem investe em LCI está emprestando dinheiro para o banco, que, por sua vez, emprestará a interessados na compra de imóveis, por exemplo, com uma certa quantia de juros.

Por fim, a instituição retorna esse dinheiro com um acréscimo aos investidores, dentro de um prazo determinado. 

Principais diferenças entre previdência privada e LCI

Enquanto a previdência privada se trata de um fundo de investimento, e você pode combinar ativos de renda fixa e de renda variável para obter um melhor rendimento, as LCIs são títulos com prazos de vencimento não tão longos e com rendimento fixo.

A maioria das LCIs possui um vencimento, ou seja, você só recebe seu rendimento dentro de um prazo acordado, sendo que o resgate antecipado renderá perdas ao investidor. 

3 critérios para escolher previdência privada ou LCI

  • Rendimentos

Enquanto as LCI têm um rendimento relativamente baixo, porém fixo e garantido, os fundos de previdência privada podem reunir ativos com mais possibilidade de rendimento, unindo renda fixa e variável em uma carteira mais sólida e equilibrada. 

  • Imposto de Renda

Como o governo quer estimular o mercado imobiliário, as LCIs contam com isenção do Imposto de Renda. Já a previdência privada conta com duas formas de recolhimento do IR, pelos dois tipos de planos disponíveis no mercado:

No VGBL – Vida Gerador de Benefícios Livres -, o Imposto de Renda incide apenas sobre os rendimentos, na hora do resgate.

Já no PGBL – Plano Gerador de Benefícios Livres -, a base de cálculo do IR ao fim do contrato será sobre o total do dinheiro, ou seja, investimentos mais rendimentos. No entanto, nesse plano, o contribuinte tem a possibilidade de abater todas as contribuições para a previdência no Imposto de Renda para Pessoa Física anual. 

  • Liquidez

As LCIs têm um prazo de vencimento, portanto, caso o investidor queira retirar o dinheiro antes do prazo, perderá rendimentos. Já fundos de previdência privada possuem uma liquidez mediana, já que misturam renda fixa e variável. De toda forma, a previdência privada sempre será mais indicada para investimentos em longo prazo, e as LCI, em médio prazo.

Vantagens de ter previdência privada ou LCI

No fim, ambos os investimentos têm suas vantagens e desvantagens, mas um bom fundo de previdência privada ainda possui mais potencial de melhores rendimentos no longo prazo. Para um objetivo de médio prazo, sendo um investidor bem conservador, as LCIs são um bom investimento.

Dúvidas sobre previdência? Acesse www.suaprevidencia.com.br e fique bem informado!

About Author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *