Hábitos ruins: 6 comportamentos que você precisa eliminar da sua vida

Home / Hábitos ruins: 6 comportamentos que você precisa eliminar da sua vida

Durante a vida, é comum desenvolvermos hábitos ruins. Muitos deles surgem ao natural, sem que nos demos conta. Mas isso não os torna menos perigosos.

Caso nada de diferente seja feito, o caminho natural é que eles nos acompanhem para sempre. E, quando acabam se enraizando na rotina, mesmo sem querer, tornam-se prejudiciais.

Curioso para saber de quais comportamentos você deve se afastar, como evitar hábitos ruins e construir novas práticas mais saudáveis? Então siga a leitura!

O que são hábitos ruins?

Hábitos ruins são costumes que, de uma forma ou outra, acabam nos prejudicando. Essas práticas acontecem nas mais diversas áreas, e nos atrapalham também de maneiras distintas.

Elas podem ser o simples fato de colocar sal em excesso na comida, beber pouca água, não praticar uma atividade física, realizar compras por impulso, usar o cartão de crédito de forma descontrolada e por aí vai.

Como os hábitos ruins prejudicam você?

Os hábitos ruins podem prejudicar um indivíduo de diferentes maneiras. Alguns afetam diretamente a saúde, como uma alimentação rica em calorias e pobre em nutrientes, ou a partir da falta de exercícios físicos na rotina.

Outros também comprometem o bem-estar, mas de uma forma menos direta. A sua relação com o dinheiro, por exemplo, se for mal administrada, pode trazer problemas como o estresse financeiro, a ansiedade e o endividamento.

Além disso, essas práticas também podem afastá-lo das suas verdadeiras prioridades. Ao realizar uma compra por impulso, você deixa de investir o seu capital em algo que, de fato, importa e poderia acrescentar em algo.

Ou seja, de uma maneira ou de outra, os hábitos ruins são nocivos em maior ou menor grau para as nossas vidas.

6 hábitos ruins para eliminar da sua vida

Para desenvolver práticas mais saudáveis e conquistar os seus objetivos de vida, listamos 6 hábitos ruins que você precisa eliminar da sua rotina. Por que não começar agora? Acompanhe as dicas!

1. Descuido com a saúde

Por culpa da rotina agitada, entre outros motivos, acabamos deixando a nossa qualidade de vida em segundo plano.

A dieta balanceada dá lugar a pratos de preparo mais rápido e pouco saudáveis; o tempo ideal para o descanso é substituído por poucas horas de sono; e as atividades físicas são trocadas por outros passatempos, geralmente virtuais.

Não deixe que esses hábitos ruins façam parte da sua vida. Coloque o seu bem-estar como prioridade e comece a cortá-los aos poucos.

2. Deixar o dinheiro parado

O nosso capital, assim como qualquer outro ativo, precisa estar em movimento para render. Inclusive, para trabalhar a seu favor e fazer mais dinheiro.

Deixar valores parados em uma conta bancária, ainda que na poupança, só serve para a sua desvalorização. Por isso, procure aplicações que combinem com o seu perfil de investidor e aumente o seu patrimônio de forma inteligente.

3. A falta de uma reserva de emergência

Ter uma reserva de emergência é como contratar um seguro de qualquer natureza. Ninguém deseja acionar a proteção, mas é melhor ter o benefício para contar do que ser pego desprevenido.

A menos que você tenha uma bola de cristal, é impossível prever as eventualidades que podem aparecer no futuro. Por isso, é prudente contar com um fundo para eventuais incidentes, como relacionados à saúde ou à perda do emprego.

4. Mau uso do cartão de crédito

O cartão de crédito é uma excelente ferramenta de pagamento, mas precisa ser usado com sabedoria para não virar um problema. 

Acontece que muita gente vê nele uma fonte alternativa de renda, e acaba fazendo compras sem se planejar. E esse é um dos hábitos ruins mais perigosos. Afinal, quando vai ver, a fatura se tornou algo impagável.

Por isso, na hora de usar esse poderoso instrumento, o ideal é tomar algumas precauções, como:

  • Concentre todas as suas compras em um único cartão;
  • priorize as compras à vista e com desconto;
  • procure sempre pagar a totalidade da fatura;
  • evite o crédito rotativo.

5. Descontrole financeiro

Para manter a sua saúde financeira, é fundamental abrir mão de hábitos ruins, como o descontrole orçamentário. Uma maneira de evitar que isso aconteça é traçar objetivos de vida, que servirão como prioridades para você.

Assim, toda vez que você pensar em fazer uma compra desnecessária, vai se lembrar da sua meta e tende a desistir da aquisição sem sentido.

6. Falta de planejamento

Quando não temos um objetivo em longo prazo, um plano futuro que projete um amanhã mais tranquilo e seguro, ficamos à mercê do destino.

É o caso, por exemplo, do planejamento da aposentadoria. Se uma pessoa deixa para a última hora essa preocupação, ela dificilmente vai conseguir manter o padrão de vida quando decidir parar de trabalhar.

Portanto, se você está determinado a, de fato, desenvolver hábitos mais saudáveis, uma boa ideia é começar a investir em um plano de previdência privada, pensando na sua aposentadoria.

Estamos falando de uma aplicação altamente rentável e muito simples. Para saber mais sobre a modalidade, acesse a Sua Previdência Privada e tire todas as suas dúvidas. Além disso, aqui no blog, você conta com conteúdos exclusivos e um suporte especializado para cortar os hábitos ruins e ter uma vida financeira mais segura.

About Author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *