Funcionários satisfeitos: por que vale a pena para o gestor

Home / Funcionários satisfeitos: por que vale a pena para o gestor

Funcionários satisfeitos

Você conhece os benefícios de ter equipes com funcionários satisfeitos? Altos níveis de motivação e engajamento entre colaboradores fazem uma diferença significativa nos resultados do negócio.

As vantagens vão desde o ganho de produtividade ao aumento do lucro. Mas manter os funcionários satisfeitos é um desafio para gestores e depende de uma série de medidas para fortalecer o capital humano.

Quer uma ajuda? Neste guia, confira as principais estratégias para elevar a satisfação entre os colaboradores.

Funcionários satisfeitos são ativos valiosos

Contar com funcionários satisfeitos já é um dos seus objetivos como gestor?

Lembre-se de que o capital humano é o recurso mais valioso de uma empresa. Afinal, sem ele, é impossível desenvolver alta performance e elevar os resultados do negócio.

Mas não basta simplesmente dispor de capital humano. É preciso que os níveis de satisfação entre os funcionários seja alto.

Tem dúvidas de que essa estratégia é um bom negócio? A empresa de pesquisa de opinião Gallup aponta que funcionários engajados são mais presentes, produtivos e atentos às necessidades do consumidor.

De acordo com os dados, equipes altamente engajadas resultam em uma rentabilidade 21% maior para o negócio.

Só que altos níveis de satisfação entre colaboradores não são a realidade no mercado. Dados de 2017 do Instituto Locomotiva publicados no G1 mostram que 56% dos trabalhadores brasileiros com carteira assinada estavam insatisfeitos com o emprego.

E aí, se a empresa estiver inserida nessa realidade, também não colhe os frutos de uma equipe motivada e engajada.

Por que manter os funcionários satisfeitos

Uma empresa com funcionários satisfeitos aproveita benefícios que vão desde o ganho de produtividade à redução de custos.

Descubra abaixo as principais razões para satisfazer os colaboradores.

1. Para aumentar a produtividade

Funcionários satisfeitos tendem a manter um nível elevado de motivação e bem-estar no trabalho.

Esses são fatores com impacto direto na produtividade: a capacidade de otimizar as rotinas de trabalho e fazer mais em menos tempo, sem perder a qualidade.

Para a empresa, o ganho de produtividade representa diminuição de custos, maior capacidade de atender clientes e aumento da rentabilidade.

2. Para atrair reter talentos

Se você quer montar equipes com desempenho elevado, então, precisa reunir esforços para manter os funcionários satisfeitos.

Afinal, a insatisfação no trabalho é um dos principais motivos que leva um colaborador a buscar vagas na concorrência.

E aí, você pode não consegue reter pessoas qualificadas na equipe.

Além disso, uma empresa com funcionários satisfeitos ganha uma reputação positiva no mercado, o que aumenta sua capacidade de atrair os melhores talentos.

E vale pontuar que, com a redução dos índices de rotatividade, a empresa também gasta menos com demissões, processos seletivos e treinamentos para novos profissionais.

3. Para aumentar a satisfação do cliente

Tenha em mente que manter os funcionários satisfeitos também gera vantagens perante o consumidor  — e esse é um benefício que não pode ser ignorado.

Em artigo para a Forbes, Ashira Prossack, consultora na área de ambientes de trabalho, explica que as interações dos funcionários definem o tom para uma experiência positiva ou negativa do cliente.

“Quando os funcionários não estão felizes no trabalho, suas interações com os clientes podem e quase sempre sofrerão. Ao longo do tempo, isso pode ter sérias repercussões para os negócios”, alerta a autora.

Como manter os funcionários satisfeitos

Agora vamos à parte prática: estratégias para manter os funcionários satisfeitos. Confira a seguir as principais ações que você deve implementar nessa hora.

1. Aprimore o clima organizacional

Na prática, o clima organizacional serve como um termômetro que indica o nível de satisfação e motivação dos colaboradores. Então, você deve fortalecê-lo ao máximo.

Como fazer isso? Por meio de medidas como:

  • Implementação da cultura de feedback
  • Reuniões periódicas com a equipe
  • Ambiente de trabalho saudável
  • Incentivo ao diálogo
  • Comunicação interna transparente
  • Valorização dos funcionários.

2. Ofereça plano de carreira e treinamento

O plano de carreira consiste em um planejamento da jornada de crescimento do colaborador dentro da empresa.

Já o treinamento é o caminho para que ele desenvolva as competências técnicas para ocupar cargos mais elevados na organização.

Quando utilizados em conjunto, esses recursos atestam que a empresa é comprometida com a carreira dos funcionários, contribuindo para elevar a satisfação e motivação entre eles.

3. Aposte em remuneração e vantagens competitivas

A satisfação entre funcionários também passa pela oferta de salários justos, que sejam competitivos em relação à concorrência e condizentes com a jornada de trabalho.

Além disso, vale a pena oferecer benefícios extras, como bônus por produtividade, participação nos lucros e flexibilidade de horários, por exemplo, para reforçar o contentamento dos colaboradores.

4. Ofereça previdência privada corporativa

Para manter seus funcionários satisfeitos, é importante ajudá-los a planejarem seu futuro financeiro.

Esta dica é uma extensão da anterior: oferecer previdência privada para os colaboradores é um benefício relevante e um diferencial competitivo para a empresa no mercado.

Além disso, trata-se de uma motivação para o longo prazo, já que a previdência é um investimento tem como objetivo garantir uma aposentadoria mais confortável e complementar aos benefícios do INSS.

Para isso, aposte no plano de previdência complementar fechada, por meio da qual empresa e funcionários investem em conjunto para que o dinheiro seja aplicado em fundos e fique rendendo ao longo dos anos.

5. Dê autonomia para os colaboradores

Permitir que os funcionários sejam autônomos no trabalho é essencial para que se sintam valorizados e desafiados e reforcem suas competências.

Uma maneira de fazer isso consiste em empoderar os colaboradores a tomarem decisões por conta própria, permitindo que eles desenvolvam um papel ativo nos resultados da organização.

Com a aplicação dessas estratégias, você verá o nível de engajamento e colaboração aumentar na sua empresa.

Gostou do artigos? Então acesse o nosso site e confira outros conteúdos sobre o assunto.

About Author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *