Dólar comercial e turismo: o que são e qual é a diferença?

Home / Dólar comercial e turismo: o que são e qual é a diferença?

Dólar comercial e turismo

Realizar transações internacionais não é um bicho de sete cabeças, mas é preciso conhecer alguns termos que podem causar dúvidas na hora da movimentação, como a diferença entre dólar comercial e turismo. Afinal, você sabe para que cada um serve?

Antes de tudo, lembremos que só existe uma moeda americana, o dólar. Nesse sentido, então, o dólar comercial e o turismo são formas de utilização desta moeda. E cada uma destas formas de uso tem uma cotação diferente.

Confira agora mesmo o que é dólar comercial e o que é dólar turismo e, claro, entenda a diferença entre eles!

O que é dólar comercial?

O dólar comercial tem suas características voltadas para serviços de importações e exportações, ou seja, é usado justamente para pagamentos ou recebimentos em transações estrangeiras.

Além disso, é ele quem define a cotação dada ao dólar nessas transações e isso é equivalente a qualquer moeda, mas, claro, no Brasil é referente ao real.

Nesse sentido, portanto, o dólar comercial pode impactar a economia de todo o mundo, pois sua função é justamente a de servir aos propósitos de transações comerciais que acontecem internacionalmente.

Cotação

A cotação do dólar comercial, no entanto, não é algo fixo, como você já deve ter ouvido nos noticiários e na mídia. Isso porque quando as transações comerciais do dia são encerradas, a taxa de câmbio média – o que reflete o custo de um tipo de moeda junto a outro tipo de moeda – é definida.

Mas o que isso quer dizer, afinal? Isso quer dizer que a cotação do dólar comercial é variável e pode mudar mais de uma vez por dia. Como dito, após encerrar as atividades do dia, a taxa de câmbio é definida em relação às operações feitas, calculando, então, a Ptax.

A Ptax, por sua vez, é fixada pelo Banco Central, que se baseia na conversão do dólar em relação à lei da oferta e procura da moeda no mercado. Dessa forma, portanto, quanto maior for a procura, menor é sua cotação e vice-versa.

Isso quer dizer que é essa oscilação comercial que vai interferir no valor do dólar para a balança comercial no Brasil.

Por conta disso, a atuação do Banco Central serve justamente para manter a estabilidade da moeda em território nacional, de modo que seu valor possa ser viável para essas transações.

O que é dólar turismo?

Como o próprio nome já evidencia, o dólar turismo é voltado para questões turísticas, ou seja, é usado para fins de atividade cambial relacionada a viagens.

Isso quer dizer que essa modalidade de dólar é adotada por quem vai viajar ao exterior. Para isso, então, a compra é feita em casas de câmbio.

No entanto, não é apenas para isso que o dólar turismo é usado, pois há ainda as transações feitas entre pessoas que possuam a moeda e, além disso, claro, compras em cartões de crédito e débito no exterior, como passagens aéreas, cursos e produtos em sites estrangeiros.

Cotação

Antes de tudo é preciso entender que o dólar turismo é negociado pelas casas de câmbio e correspondentes cambiais, ou seja, são estes os responsáveis por fazerem essas operações de modo que a moeda esteja disponível.

Dito isto, portanto, o dólar turismo é mais caro que o comercial, então lembremos que estamos falando de uma moeda física. Em seu valor são inseridos outros recursos, e  é justamente isso que eleva sua cotação.

Ou seja, sua cotação é calculada com base em todos os meios necessários para sua comercialização, como importação do papel-moeda, custos de administração e logística, impostos, entre outros.

Além disso, vale destacar que é necessária uma grande quantidade da moeda para câmbio do dólar, o que ainda acrescenta mais custos, como espaço para armazenar, segurança e transporte.

Dólar comercial e turismo: qual é a diferença?

Após tudo que já foi dito, fica mais fácil perceber a diferença entre essas modalidades, certo?

É importante saber quais são estas diferenças entre dólar comercial e turismo, principalmente com relação à comercialização e também à cotação.

Sobre a comercialização, por exemplo, a principal diferença é que o comercial só pode ser distribuído por instituições financeiras e empresas.

No que diz respeito a isso, o dólar turismo se distingue por poder ser livremente comprado e negociado por pessoa física.

E por que o dólar comercial e o dólar turismo têm diferença de preço? A questão aqui é em relação à demanda, ou seja, ao quanto um é mais comercializado que o outro.

Nesse sentido, então, o dólar comercial é mais comercializado, afinal são instituições e empresas que o movimentam, então a demanda é maior, o que leva a uma cotação menor.

Já o dólar turismo é comercializado em menor quantidade, já que é mais usado por pessoa física para transações comuns, o que eleva sua cotação, que também sobe devido aos impostos para essas operações, como já citados.

No entanto, as cotações do dólar comercial e turismo podem sofrer alterações durante o dia de acordo com a lei da oferta e procura.

Como verificar a cotação do dólar?

Se depois de tudo isso que você leu ainda restou a dúvida sobre como se verifica essa cotação da qual tanto falamos, daremos a resposta a seguir.

No entanto, vale mencionar que o cálculo realizado pelos conversores que vamos citar é sob caráter informativo, ou seja, não substitui, por exemplo, a norma cambial brasileira para casos mais específicos.

Além disso, para dias não úteis a cotação será referente ao dia útil anterior.

Dito isto, portanto, para verificar o valor do dólar basta acessar o site do conversor BCB, que é do Banco Central do Brasil, e configurar para que a conversão seja feita do dólar para o real.

Há também o conversor Uol, que permite ver a diferença entre a cotação do dólar para venda e para compra, que pode variar. Para isso, então, acesse o site deste conversor e altere de acordo com o que você desejar saber.

E então, descobriu tudo que você precisava sobre dólar comercial e turismo?

Conheça mais conteúdos produzidos para você, que busca maior controle financeiro e quer conhecer mais sobre o mercado de investimento. A Sua Previdência tira todas as suas dúvidas sobre previdência privada. Confira!

About Author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *