Contato do Santander para previdência: como falar com o banco

Home / Contato do Santander para previdência: como falar com o banco

Precisa de um canal de contato do Santander para previdência? O banco oferece atendimento por telefone, chat online ou em agências físicas, de acordo com sua preferência. Então, se você tiver qualquer dúvida sobre o investimento em previdência privada, pode acionar esses canais.

Neste guia, listamos todas as informações de contato do Santander para previdência. Você também vai encontrar dicas para avaliar a performance do seu investimento na instituição. Acompanhe!

Como é o contato do Santander para previdência 

O banco oferece diferentes canais de contato do Santander para previdência. Em relação ao atendimento, você pode optar pelo telefone ou pela visita a uma agência física. Além disso, para os que preferem fazer o processo online, existe a possibilidade de conversar com um atendente por meio de um chat no site.

Ao optar por uma dessas alternativas, então, você recebe todo suporte necessário para cuidar da sua previdência privada. É possível tirar dúvidas sobre diferentes aspectos do investimento: plano, regime de tributação, taxas, declaração de Imposto de Renda e resgate de valores, por exemplo.

Vale lembrar que é possível obter atendimento pelo aplicativo do Santander Way, mas o contato é restrito a tópicos como renegociação, envio e recebimento de dinheiro, atualização de cadastro e faturas.

Canais de contato do Santander para previdência 

A seguir, confira os canais de contato do Santander Previdência para tirar dúvidas ou solucionar problemas quando necessário:

Telefone

Por telefone, o contato do Santander para previdência pode ser feito através da central de atendimento. Os números são os seguintes:

  • 4004-3535 (capitais e regiões metropolitanas)
  • 0800-702-3535 (demais localidades)
  • 0800-723-5007 (pessoas com deficiência auditiva e de fala)

Já o SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor), por meio do qual é possível obter informações gerais, é o número 0800-762-7777. Para pessoas com deficiência auditiva e de fala, o número é 0800-771-0401.

Chat online

O Santander disponibiliza um canal de chat online. Para iniciar o chat, é necessário informar nome completo, número de telefone, CPF ou CNPJ e e-mail.

Canal SUSEP

O Santander oferece também um canal destinado a segurados privados, com atendimento de segunda à sexta-feira, das 9h30 às 17h, exceto feriados, no número 0800-021-8484.

Agência bancária

Outra possibilidade é o atendimento nas agências bancárias físicas do Santander. No site do banco, há uma ferramenta de busca por meio da qual é possível encontrar a agência mais próxima de você, conforme o endereço.

Vá além do contato com o Santander para previdência 

Agora que você já sabe quais são os canais de contato do Santander para previdência, pode tirar eventuais dúvidas sobre o seu investimento. Mas a dica aqui é ir além do contato e avaliar as características da previdência oferecida pelo banco. Confira o passo a passo:

1. Compare fundos de previdência

O primeiro passo é analisar os fundos de previdência do Santander. A rentabilidade e o grau de risco são fatores que variam conforme o fundo. Então, é preciso analisar cada um individualmente, com atenção especial para aqueles em que você investe na previdência.

2. Compare taxas cobradas

A etapa seguinte é analisar fundos de previdência de outras instituições financeiras. Mais uma vez, atente para a rentabilidade e o grau de risco que eles oferecem. O objetivo é comparar a performance dos fundos e identificar qual instituição financeira oferece as opções mais rentáveis.

Nessa comparação, não se esqueça de analisar também as taxas cobradas pelas instituições. Por que fazer isso? É que as taxas impactam diretamente na rentabilidade do investimento, já que um percentual fica para o banco ou corretora. 

Entre as taxas que podem ser cobradas na previdência privada, estão as de carregamento de entrada e de saída, a de administração e, apesar de menos comum, a de custódia. 

No Santander Previdência, por exemplo, a taxa de administração é de 1% nos fundos de renda fixa. Para demais fundos, é preciso avaliar a lâmina do seu investimento. Já a taxa de carregamento não é cobrada.

3. Considere a portabilidade

Depois de fazer essas análises, se você encontrou outra instituição financeira com fundos e condições mais atraentes, saiba que é possível fazer portabilidade. Trata-se do processo de transferência dos recursos financeiros que você tem acumulados para outro plano de previdência.

Mas fique atento: a portabilidade só pode ser feita entre planos da mesma modalidade. Ou seja: de Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL) para PGBL e de Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL) para VGBL.

Apesar disso, se depois de comparar os fundos você optar por continuar no Santander Previdência, saiba que o banco presta o atendimento necessário para tirar qualquer dúvida a respeito do seu investimento.

E aí, gostou das dicas e entendeu como entrar em contato com o Santander para previdência? Se este conteúdo foi útil, compartilhe. Acompanhe outros artigos do blog para aprender a cuidar do seu futuro financeiro cada vez mais.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.