Aposentadoria na Brasilprev: como funciona e como investir

Home / Aposentadoria na Brasilprev: como funciona e como investir

A aposentadoria da Brasilprev é uma das opções de investimento para complementar sua renda na terceira idade para você não depender do sistema público. Com um plano de previdência privada, é possível construir  patrimônio a  longo prazo e se preparar para ter mais qualidade de vida no futuro, além de realizar objetivos financeiros. 

Mas antes de investir em um fundo previdenciário, é importante conhecer os produtos do mercado para comparar seu desempenho. A seguir, você vai entender como funcionam os fundos de aposentadoria da Brasilprev para decidir se vale a pena optar pela seguradora do Banco do Brasil.

Leia este artigo até o fim antes de contratar seu plano de previdência complementar. 

Investir para a aposentadoria na Brasilprev: vale a pena? 

Investir para a aposentadoria na Brasilprev é uma opção para formar uma reserva financeira e garantir renda para a terceira idade. Assim como outras seguradoras, a empresa oferece fundos de previdência privada voltados exclusivamente para a construção de patrimônio a  longo prazo. 

O que difere esses fundos previdenciários de outros fundos de investimento é o tratamento tributário exclusivo e as regras para aportes e retiradas. Eles permitem que você faça contribuições no valor e periodicidade desejados durante a fase de acumulação e escolha como quer receber o dinheiro lá na frente, na fase de recebimento (em forma de renda vitalícia ou de resgate total, por exemplo). 

Além disso, os planos de previdência privada descomplicam a transmissão do patrimônio para herdeiros, pois não exigem  inventário, documento que descreve os bens deixados por alguém que faleceu. Para garantir sua aposentadoria na Brasilprev, basta escolher um dos fundos oferecidos, de acordo com seu perfil e investir com uma perspectiva de longo prazo — afinal, quanto maior o tempo de aplicação, melhor a rentabilidade e menores os custos.

Como são os fundos de previdência da Brasilprev

Os fundos de previdência da Brasilprev são divididos em três categorias principais: renda fixa, ciclos de vida e multimercado. Veja como funciona cada uma e exemplos dos fundos:

Fundos de renda fixa

Os fundos de renda fixa para aposentadoria da Brasilprev são indicados para investidores de perfil mais conservador, que não querem correr riscos e aceitam retornos menores para evitar volatilidade. Suas carteiras são compostas por títulos públicos e privados com leve flutuação no curto prazo, mas alto grau de segurança. 

Estes são alguns dos fundos dessa categoria oferecidos:

  • FIX:  busca superar as variações do CDI, combinando estratégias de títulos pós-fixados, prefixados ou vinculados a índices de inflação;
  • Concept: têm como proposta  obter prêmios em relação à inflação, por meio da alocação em títulos de renda fixa indexados ao IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo);
  • Premium: busca superar o CDI com base na evolução da Dívida Pública Federal.

Fundos Ciclos de Vida

Os fundos Ciclos de Vida da Brasilprev são recomendados para quem procura uma aplicação que se ajusta ao longo do tempo. Eles começam com mais presença na renda variável e, conforme se aproxima a data de saída, voltam a se concentrar na renda fixa para proteger o patrimônio acumulado. 

Por incluírem ativos de alta volatilidade no início, são recomendados para investidores de perfil moderado a arrojado. Um dos principais produtos dessa categoria é o Ciclo de Vida 2030, que busca rentabilidade pela combinação de estratégias em renda fixa, crédito privado, renda variável e investimentos no exterior, com ajuste automático do nível de risco para mais conservador próximo da data-alvo (data de saída do plano).

Fundos multimercado

Na categoria mais arrojada da Brasilprev estão os fundos multimercado, ideais para quem busca retornos maiores e sabe lidar com as variações do mercado. Para investir em aposentadoria na Brasilprev por essa modalidade, o investidor deve estar habituado às oscilações de ativos de renda variável como ações e câmbio. 

Estes são alguns dos fundos disponíveis:

  • Multimercado dinâmico: aplicações em renda fixa e até 20% de renda variável, com investimentos no exterior e variação cambial;
  • Multimercado dividendos: investimentos  em renda fixa e até 49% em ações de empresas com bom histórico de pagamento de dividendos.

Como investir na Brasilprev para a aposentadoria

Se você quer garantir sua aposentadoria na Brasilprev, basta ficar atento às condições dos planos e escolher o mais adequado para o seu perfil.

Confira algumas dicas para investir.

Escolha o tipo e a tributação correta

Assim como outros planos de previdência, os fundos de aposentadoria na Brasilprev podem ser do tipo VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre) e PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre), e também podem ser tributados pela tabela progressiva ou regressiva. Por isso, é importante conferir os detalhes de cada tipo de plano e tributação antes de escolher seu produto. 

Considere seu perfil de investidor

O seu perfil de investidor define sua tolerância ao risco e apetite por ganhos, e deve ser levado em conta na hora de escolher o plano de aposentadoria. Como vimos, há opções para investidores conservadores, moderados e arrojados, com diferentes proporções de ativos de renda fixa e variável. 

Calcule os custos

Por fim, é fundamental calcular os custos antes de decidir pela aposentadoria na Brasilprev. Na maioria dos fundos, a taxa de carregamento (porcentagem cobrada em aportes e retiradas) é zero, mas há taxas de administração que vão de 0,6% a 2%.

Por isso, calcule o impacto que essas taxas terão no seu rendimento, mais a alíquota do IR (Imposto de Renda), e só depois contrate seu plano de previdência privada. 

Entendeu como investir para a aposentadoria na Brasilprev? Então, compare os fundos com outras opções do mercado e tome a melhor decisão para o seu futuro. 

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.